domingo, abril 01, 2007

june says goodbye to her name



sentou-se à mesa e escreveu.
escreveu, escreveu, escreveu, escreveu.
escreveu até não haver mais palavras para tudo o que contaminava, dentro.
como doença.
essa que.
escreveu tanto que a luz se cansou, também, das sombras, e foi ao choro de vela que dançou as últimas palavras, jurando a si mesma não correr atrás de quem largou
faltou
falhou
ao amor.

abriu a janela
abriu a rua
abriu a ferida
e fingiu morrer.















- amanhã
se houver vida
serei eu a renascer.












....









(imagem retirada do filme surviving desire, de hal hartley)

6 comentários:

joaninha disse...

renascer pode ser muito bom... dependendo da perspectiva com que encaramos a vida!


*beijinho*

delusions disse...

"abriu a janela
abriu a rua
abriu a ferida
e fingiu morrer.

- amanhã
se houver vida
hei-de ser eu a renascer"

Morrer para renascer...

Bjinhos*boa semana

keimadela disse...

Todos nós renascemos diariamente...=*

Sandrinha disse...

@-,--

Rita disse...

E vai haver tantas coisas bonitas para ver nesse mundo renascido...!

um abraço cheio de força

a gaja disse...

o que... torna-nos mais fortes. Estou contigo, por ti. (118... lembras-te?)