quarta-feira, abril 18, 2007

carta ao filho do menino que vai ser pai

querido pequenino,

benvindo.

sei que não nasceste ainda, mas como diz o poeta “em qualquer aventura, o que importa é partir”, e tu partiste já para te juntares a nós nesta vida que, diga-se o que se disser, digam-te o que disserem, é mesmo muito boa e bonita.

falei-te do poeta porque sei que não vai ser preciso muito tempo até que aprendas a palavra poesia, que a sintas no sangue, no sentir, no respirar, como o teu pai.

o teu pai, esse crescido sempre menino, há-de ensinar-te a poesia.
ou talvez não ensinar-te, porque não é assim que ela se aprende, mas há-de acarinhar-te com o sorriso do vinicius, do pablo, do drummond, da sophia ou do eugénio, entre tantos outros. e hás-de, tu também, tratá-los por tu, pelo primeiro nome, esses amigos que nunca conheceremos, mas que a nós parecem conhecer tão bem.
como há-de embalar-te ao som da elis, do chico, do tom, do toquinho, e tantos outros que te pintarão os sonhos com a música da poesia, com as suas próprias palavras, e as desses outros que nos dão a magia da vida de bandeja, mesmo quando a não vemos nós, meros e especiais mortais, que com eles encontramos a felicidade numa nesga de mar, num pedaço de fruta, ou num abraço amigo.

a amizade, pequenino, também ele ta há-de ensinar, e que professor vais ter! teu pai menino é daqueles amigos que ficam – um dia hás-de saber também das pessoas que não passam.... -, seja para abrir a janela que dá para esse mar, para por nós colher essa fruta, ou para escrever num pedaço de papel um qualquer poema que nos fará voar mais alto que nós próprios sonhámos ser capazes de fazer.

falo-te pouco da tua mãe – peço-te desculpa por isso – porque a não conheço tão bem. mas não duvides que a sorte que tens é mesmo muito, muito grande. mesmo não a conhecendo pelo sentir, como a esse AMIGO que é o teu pai, posso dizer-te uns segredos, que o não são, sobre ela:

a tua mãe, pequenino – sim, como o teu pai. e é tão bonito, o seu amor, também por isso... –, canta quando ouve a palavra liberdade, luta pela justiça como se não soubesse não o fazer, sorri lágrimas felizes quando se fala em abril. é menina, também. nenhum deles se deixou esquecer no caminho para a vida adulta.
já viste a sorte que tens?....

por isso, pequenino – porque, não sei porquê, sinto-te menino, sabendo que se fores menina o amor, a partilha, o sonho, serão iguais -, mais que dar os parabéns aos teus pais, é a ti que congratulo (que palavra difícil, esta... não precisas de a aprender já, está bem?...).
pelos pais
amigos
meninos
que já tens.
por tudo o que és

neles.



















vem.
podes vir quando for,
seguro de que te aguardam
de sorriso nos olhos,
ansiosos por te receber
e embrulhar
em amor -
maravilhados,
maravilhosos,
de vida
em flor.











....









(imagem: expecting my baby, de julio alejandro)

11 comentários:

Anónimo disse...

Pááá... tb quero ser assim 1 quiancinha q vai nascer, pra ter estes miminhos todos!!! :)

Náááá, nan tou com ciúmes... Just kidding

Beijolinhas
Tzinha

Anónimo disse...

quando os meninos se atrapalham com as palavras e ficam sem saber o que dizer, agradecem da maneira mais sincera que conhecem, sorriem.

Sandrinha disse...

Penso que sei quem deve ser o menino que vai ser Pai e fico tão feliz!

Que corra tudo bem!

colher de chá disse...

menino pquenino, que sejas benvindo ao mundo :)

joaninha disse...

1 beijinho ao menino pequenino e aos papas babados! :)*

Alexia disse...

Beijo a este menino lindo que teve a sorte de ter pais assimm

achei lindissimo

beijos

o alquimista disse...

Algures no cósmos um ser espiritual estás prestes a encarnar e cumprir um ciclo de vida...que a ternura e o imenso amor que o espera seja o rumo certo numa bem aventurada viajem...

Doce beijo e a imensa honra de saber que existes

entre linhas disse...

Linda imagem,fantástica o mundo da Mãe Natureza e os seus milagres da vida.

Parabéns aos pais e que o bébé tenha a protecção dos anjos.

Bjs Zita

Dijambura disse...

A mãe que ainda não conheces bem...emocionou-se tanto com estas palavras! Tanto.... :)

un dress disse...

deslumbrada...~~

Anónimo disse...

Toh muito feliz....
nem agredito que vamos ter um fruto do nosso amor...
amor tooh muito feliz..

vamos criar nosso bebê ...
com muito amor e muita felicidade...
te amo...´.amor vc´s doius...
já sinto ele dentro de mim ou ela né?
rsrs..
oq vim será bem recebido..
amo vc´s...

D@NNY & @ND&RSON

em breve familia completa . eu vc e nosso baby...