quinta-feira, julho 03, 2008

"'m ta dançóbe no ar "*






















" el cómplice




me crucifican y yo debo ser la cruz y los clavos.


me tienden la copa y yo debo ser la cicuta.


me engañan y yo debo ser la mentira.


me incendian y yo debo ser el infierno.


debo alabar y agradecer cada instante del tiempo.


mi alimento es todas las cosas.


el peso preciso del universo, la humillación, el júbilo.


debo justificar lo que me hiere.


no importa mi ventura o mi desventura.


soy el poeta. "



(jorge luis borges)





..















...







adormeço

pauso

pouso

o mundo todo

que não sou eu:




volto à poesia de minha terra,


cúmplice dança em alma de mim.















..













(imagem primeira: dolce vita, de robert wojtowicz
imagem segunda e imagem última de ana nicolau)
























(*"eu dançarei no ar")


27 comentários:

Sandrinha disse...

Até já!

@-,--

DoCeu disse...

Estou dji volta pró meu aconchego
Trázendo na mala bastantji saudadji

:)

JoaoN disse...

Grande foto, essa segunda! :)

Stella Nijinsky disse...

Olá nana,

tenho andado um bocado ausente...
então em território nacional?

Tem muita poesia, a nossa terra,
dance, cumplice, em alma de ti...

Versos lindos!!

Beijo,

Stella

um Ar de disse...

Não digas: estás perto!
Ou, preparas-te para a viagem?
.
Mas é para Portugal ou para Cabo Verde?
.
Férias?
.
Seja o que for!...
.
[Beijo, para apanhares enquanto danças num ar de...]

Dalaila disse...

dança que não termina e voa

um Ar de disse...

Nana...
Só agora...
Só agora me apercebi da beleza paradoxal das palavras de J.L.Borges!...
Que, apesar de tudo e tanto
"(...) debo alabar y agradecer cada instante del tiempo."
...
...
Voltei para as reler.
Parecia faltar-me alguma coisa.
Faltava-me esta dimensão do "tempo".
Falta-me acabar com esta zanga.
Provavelmente, não passa de uma impertinência minha.
.
[Beijo de Um Ar De Mim]

rjl disse...

:)
***

hfm disse...

Muito belo!

Atlantys disse...

É fantástica a segunda foto =)
(vais de férias?)
=)***

Ad astra disse...

idas

e voltas


beijo terno

~pi disse...

nua: no ar: o único modo

como vale a pena

como te vejo

como te posso ver

dan ~ çar





~

DE-PROPOSITO disse...

no importa mi ventura o mi desventura.
-------------
É claro que não importa. A Terra continua girando alheia a todos os problemas que por cá vão passando.
Fica bem.
E felicidades.

tufa tau disse...

"eu dançarei no ar"
nas ondas do mar
ou nas dos teus cabelos
rodopiarei dedos
entrelaçarei segredos
eu dançarei
enquanto te ouvir cantar
dançarei enquanto te amar


abraço

bernard n. shull disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
luci disse...

dançar

a húmita alegria da chuva

sobre os corpos

verdes de

alvorada



~

rosasiventos disse...

fogo

PARTO pergaminho


manhã fresca luz de ti sangue

meu nu fruto

TERRA

L.Reis disse...

Atávica dança do sentir...

Ana R disse...

Seamos dos...

Un abrazo

Ruela disse...

dança eterna...

rjl disse...

:)
*

Mar Arável disse...

Muito belo

Homem sem rosto disse...

Passei para a visitar e para me atrever em lhe deixar, em deposito, um beijinho deste seu "fiel leitor"

magarça disse...

Palavras dançarinas.. bjs

magarça disse...

Palavras dançarinas.. bjs

Atlantys disse...

Estás de férias? =)

(chegaste a receber o mail que te enviei há umas semanas?)

delusions disse...

que dança tão bonita!!!



Bjinhos*
saudades...
Sofia