sábado, abril 15, 2006

you may say i'm a dreamer...

"to believe in the face of utter hopelessness, every article of evidence to the contrary, to ignore apparent catastrophe - what other choice was there? (...) to believe, when all along we humans know that nothing can cure the briefness of this life, that there is no remedy for our basic mortality, that is a form of bravery.
(...)
without belief, we would be left with nothing but an overwhelming doom, every single day. and it will beat you.
(...)
so, i believed."

(lance armstrong, it's not about the bike - my journey back to life)


...


pensei primeiro que era
podia ser
o medo que me fazia acreditar.
mas sei
sei agora
que é coragem o que sinto.
como se fosse comigo.
personifico a doença
como se pudesse falar-lhe
até.
luto.
como se fosse eu quem pudesse lutar.

sei que nem todos se salvam.
as pessoas morrem.
as pessoas morrem assim.
mas eu
acredito.
tenho medo de acreditar
mas
acredito.
com coragem, quase.
por mais que.

acredito.
porque não sei outra maneira.
porque não se desiste
à primeira
de batalhas a sério.
porque o impossível
é possível
nós é que somos
demasiado
humanos
para o saber.
porque este
amor imenso
que eu não sabia encher-me
me deu a raiva
que não maligna
para lutar
como uma leoa
luta
pela sua cria.

eu
cria.

eu
queria.
quero.
acredito.


eu
acredito
no hoje.

e sei que depois
logo depois
chega
vem
nasce
o amanhã.

e acredito.

5 comentários:

InêsN disse...

:'o)

Rita disse...

E tens mesmo que acreditar! Muito!
Um xi muito apertado priminha linda

Claudia disse...

às tantas, acreditar é tudo o que se pode fazer.
acreditar que é possível ainda.
acreditar que temos força suficiente (e que temos mesmo, que surpresa!)
acreditar que damos a força necessária.
acreditar que somos companhia.
acreditar que lutamos em família.
saber que o dia de hoje é mais importante do que o de amanhã... traga ele o que trouxer.
acredita nele.
acredita no amor por ele.
eu acredito em ti. e nos teus.

beijos.

Sandrinha disse...

...but you are not the only one!

Nós que gostamos de ti e dos teus acreditamos contigo.
Descobri por mim a razão da tua tristeza e o meu coração ficou pequenino quando me recordei da altura em que fui eu que acreditei, por mim, por ele...

Não há impossiveis minha menina do mar...

O amor é sempre maior que tudo!

A minha mão segura na tua com toda a força, para me sentires aí.

Um beijo

toda a gente bloga disse...

Acho q já começo aperceber o q se passa....:-(
A única coisa q posso dizer é q tens q acreditar sempre, pq só assim a vida vale a pena.
Espero q de alguam forma estas palavras te vão fazendo sentir melhor....
Bjs gds
xana Mendes